Para que serve o acordo de confidencialidade?

Uma técnica de segurança que as empresas costumam usar com bastante frequência é o acordo de confidencialidade. Além de ser extremamente prático, o acordo é capaz de evitar muitos problemas que as empresas encaram diariamente.

Mas, apesar das tecnologias de informação se desenvolverem bastante a cada dia que passa, muitas pessoas não conhecem esse tipo de acordo que por muitas vezes garante a segurança de seu negócio. Por esse fato, confira aqui a descrição completa sobre o que é um acordo de confidencialidade e suas utilidades para o mundo atual.

O que é o acordo de confidencialidade?

Para te contextualizar, vamos começar com a definição de um acordo de confidencialidade. Também chamado pela sigla inglesa NDA (Non Disclosure Agreements) todo tipo de documento dessa natureza proíbe que as informações acertadas pelo contrato sejam espalhadas.

Para que serve o acordo de confidencialidade?

Como pode notar, a ideia principal do documento é oferecer maior segurança para informações que empresas consideram confidenciais. O uso do acordo de confidencialidade costuma ser muito buscado por pequenas e grandes empresas a fim de se proteger do vazamento de dados, prática muito dominante nos dias atuais que prejudicam muito os negócios.

Qual a importância do acordo de confidencialidade?

A principal importância observada no acordo de confidencialidade, como reforçamos bastante anteriormente, sempre será a garantia de segurança de ambas as partes do negócio.

Qual a importância do acordo de confidencialidade
Fonte/Reprodução: original

Outro ponto muito importante da formação de um acordo de confidencialidade é a demonstração profissional da empresa, ponto que ajuda a mesma no ganho de confiança do fornecedor em questão.

Quais os tipos de acordo de confidencialidade?

Esse tópico é de extrema importância, já que cada negócio pede um tipo correto de acordo de confidencialidade. Portanto, a fim de te ajudar a escolher o certo para sua situação, confira os três tipos principais:

  • Unilaterais;
  • Bilaterais;
  • Multilaterais. 

O primeiro tipo funciona se somente um dos lados da negociação precisarem sigilar informações. Quanto aos acordos bilaterais, eles funcionam quando as duas partes do negócio necessitam do sigilo de dados. Por fim, o último requer mais atenção, pois funcionará quando existirem muitas informações que necessitem de proteção.

Como fazer um acordo de confidencialidade?

Para se fazer um acordo de confidencialidade, é preciso, primeiramente, da aceitação da formação do documento entre as duas partes que negociam o segredo das informações. Outro ponto importante é pensar nos seguintes tópicos para a montagem do acordo:

  • Quais informações necessitam de sigilo?
  • Com que fins o contrato foi feito?
  • Quem são os responsáveis para assinar?
  • As punições caso o acordo seja violado;
  • Datas importantes.

Após esse passo devidamente pensado, é preciso buscar por advogados, como veremos no tópico abaixo, a fim de não só garantir a eficiência do contrato, mas também propor maior segurança e garantia que o acordo esteja dentro dos limites da lei.

Quando devo buscar ajuda profissional para fazer acordo de confidencialidade?

A ajuda profissional sempre é recomendada, a fim de garantir maior eficiência e segurança na formação do contrato, portanto, esteja sempre acompanhado de um profissional. Entretanto, os casos que pedem maior atuação de um profissional são os que os dois lados do acordo precisem de uma quantidade maior de informações sigilosas que necessitam de proteção 

Quando devo buscar ajuda profissional para fazer acordo de confidencialidade
Fonte/Reprodução: original

Com esse tópico, terminamos por aqui. Espera-se que você tenha maior conhecimento sobre o que é um acordo de confidencialidade e saiba quais suas utilidades e como fazer bom uso dele. Para fins de divulgação, compartilhe este texto em seus veículos de mídia e retorne sempre a este site quando precisar de informações boas.

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.