Qual a aposentadoria mais vantajosa do INSS

O momento da sua aposentadoria pelo INSS é, de longe, um dos mais desejados por todas as pessoas e para saber como proceder nessa hora é preciso conhecer qual a melhor aposentadoria e vantagens.

Se aposentar é saber que receberá um salário como fonte de renda fixa, sem precisar trabalhar por tê-lo feito durante anos da vida e agora há a chance de finalmente descansar. Portanto, para solicitar a aposentadoria é importante verificar como cada uma funciona

Reforma da Previdência 

No ano de 2019 a Reforma da Previdência entrou em vigor e as regras foram completamente alteradas. Há uma idade mínima para que seja possível ter direito à aposentadoria. 

Homens devem possuir 65 anos e mulheres 62 com 15 anos de contribuição. Aos que entraram com o pedido de aposentadoria antes da reforma, deverão cumprir uma regra para transição. 

Qual a aposentadoria mais vantajosa do INSS
Fonte/Reprodução: Meu INSS

Em 2020 a idade mínima para a mulher era de 56 anos e seis meses e homens com 61 anos e seis meses. Neste ano de 2021, as exigências sofreram alteração e agora mulheres poderão se aposentar com 57 anos e homens com 62 anos.

Regras de 2021 para a aposentadoria do INSS

Com a idade mínima de 57 anos para mulheres e 30 anos de contribuição e aos homens 62 anos com 35 anos de contribuição, haverá uma regra de pontos e para descobrir os números basta somar sua idade + tempo de contribuição

Seria algo como 88 pontos para mulheres e 98 pontos para homens. Os números continuam a subir a cada ano, e em 2028 os homens terão cerca de 105 pontos e as mulheres em 2033, 100 pontos.

Vale ressaltar que mulheres se aposentam primeiro por terem dupla jornada tanto no trabalho quanto em casa, para cuidar dos filhos e da casa, uma vez que todo o serviço braçal seja feito por elas o tempo todo e sem qualquer tipo de remuneração. 

Aposentadoria por idade 

A idade para os homens é de 65 anos e mulheres 61 anos, para ambos o tempo de contribuição será de apenas 15 anos. Essa é uma das aposentadorias mais vantajosas, principalmente aos jovens que estão desempregados no atual cenário pandêmico.

Pedágio 50%

Para as mulheres será importante cumprir um pedágio de 50% desde que essa reforma começou a ser válida, caso ela tenha contribuído por 28 anos para chegar aos 30 anos.

Não há idade exigida. Elas precisarão contribuir por mais três anos e poderá ter o valor do benefício reduzido caso se aposente mais cedo.

Aos homens serve da mesma maneira, devem cumprir um pedágio de 50% do tempo que falta até completar 35 anos e poder se aposentar. Não há idade exigida. Eles precisarão contribuir por mais três anos e poderá ter o valor do benefício reduzido caso se aposente mais cedo.

Pedágio 100%

As mulheres poderão se aposentar com 57 anos e cumprir um pedágio de 100% para chegar ao tempo que falta e completar 30 anos de contribuição com mais quatro anos, De acordo com a época em que a reforma se vigorou no dia 13 de novembro de 2019.

Os homens se aposentarão aos 60 anos e devem cumprir o pedágio de 100% do tempo que falta para completar 35 anos de contribuição com mais quatro anos. De acordo com a época em que a reforma se vigorou no dia 13 de novembro de 2019.

O pedágio de 100% se comparado com o de 50% é melhor, uma vez que as reduções previdenciárias não são aplicadas.

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.