O que é o IBAMA e como atua na fiscalização do meio ambiente

O IBAMA é um dos órgãos governamentais mais conhecidos pelos brasileiros, entretanto, muitos ainda não sabem exatamente o que é, como ele age e qual é o seu papel de fato no cenário brasileiro, então, responderemos aqui essas e mais perguntas.

O que é o IBAMA?

O IBAMA trata-se de um órgão governamental filiado ao Ministério do Meio Ambiente. É uma espécie de polícia ambiental, e fiscaliza ações referentes ao nosso meio ambiente.

O que é o IBAMA

Fonte/Reprodução: original

IBAMA: qual significado da sigla

A sigla significa Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, com menção ao trabalho do IBAMA de proteger o meio ambiente brasileiro.

Quando foi criado o IBAMA?

O órgão foi criado por meio da Lei nº 7735 de 22 de fevereiro de 1989, e tem sua sede na cidade de Brasília, no Distrito Federal.

Qual o trabalho que o IBAMA realiza?

O trabalho dela é preservar o meio ambiente, por exemplo, realizar a fiscalização da criação de animais silvestres de modo a garantir que não tenha tráfico e nem maus tratos aos animais. Ele investigar o impacto ambiental de determinadas obras, fiscalizar a pesca ou quaisquer ações que influenciam nossa flora e nossa fauna de forma direta ou indireta. O IBAMA é o protetor da natureza em solo brasileiro.

IBAMA 2022: como age o órgão no combate ao desmatamento

No ano de 2022 o IBAMA ainda age, entretanto, parece ser de maneira deficiente. Notícias recentes mostram que o IBAMA investigou apenas 1% dos alertas de desmatamento, e que apenas 41% de sua verba foi destinada para fiscalizações em 2021. Apesar disso, sua ação ainda está presente, e também não é incomum ver notícias de apreensões de animais ou coisas do tipo por parte do órgão.

Ele é um órgão de grande importância para o Brasil, visto que sua função é preservar nossas maiores riquezas naturais. Assim, esperamos ter respondido todas as perguntas e sanado suas dúvidas.

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.