Idade de quem deseja financiar um imóvel pode influenciar no valor

O financiamento imobiliário é a oferta de crédito para que alguém possa adquirir um imóvel a longo prazo, seja para fins de habitação ou para comércio, e é feito por bancos e instituições financeiras.

Para aprovar esse crédito, serão analisadas as condições do cliente, a fim de determinar a duração e verificar a qualidade de cumprir as prestações do financiamento. Um dos requisitos analisados é a idade da pessoa. Por se tratar de um pagamento a longo prazo, a idade irá influenciar diretamente nas custas e no prazo para quitar o empréstimo.

Quais os requisitos observados ao se financiar um imóvel?

Quando é feito o pedido para financiar um imóvel, o banco ou a instituição financeira irá checar se a pessoa é maior de idade, a comprovação de renda, se consegue arcar com as prestações e se quem pediu não possui o nome em órgãos de proteção ao crédito. 

Idade de quem deseja financiar um imóvel pode influenciar no valor

Como a idade pode influenciar no valor do imóvel financiado?

A idade de quem solicita o financiamento é importante, pois quanto mais a idade da pessoa avança, maiores serão os valores a serem pagos, em virtude do seguro obrigatório ser mais alto e o prazo para quitação ser mais curto.

O que se entende é que, com o passar dos anos, a chance de diminuição de renda cresce bastante, seja por gasto com saúde ou por risco de invalidez.  Consideram que o risco de morte também aumenta, logo, a fim de se proteger, as instituições financeiras aumentam as quantias a serem pagas.

Em análises de valores de financiamento sobre um mesmo imóvel, entre uma pessoa jovem e uma idosa, a idosa precisa de uma comprovação de renda maior do que a de uma pessoa mais nova para que o financiamento dela seja aprovado, já que o valor do seguro obrigatório irá influenciar diretamente na quantia e no prazo reduzido de pagamento.

Vale considerar que existe um limite de tempo a ser analisado. O financiamento imobiliário não pode passar de 420 meses, o mesmo que 35 anos. Outra limitação é a soma entre a idade do solicitante e a data da última prestação a ser paga que não pode superar 80 anos e 6 meses. No caso de um parcelamento no limite de 35 anos, a pessoa deverá ter 45 anos de vida ou menos.

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.