Somente inscritos no CadÚnico receberão o Auxílio Brasil

Saiba aqui sobre o Auxílio Brasil, um programa social de assistência financeira que, a partir de novembro, vai substituir o Bolsa Família. Entretanto, para terem acesso ao Auxílio Brasil os beneficiários precisarão estar cadastradas no CadÚnico ou então terem seus dados atualizados. Terão acesso os trabalhadores informais de baixa renda.

O que é o Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil é um programa social de assistência financeira criado pelo Governo Federal que, a partir de novembro, será o substituto do Bolsa Família.

Se você é um beneficiário do Bolsa Família e precisa, mas não sabe como ingressar no Auxílio Brasil, entenda como fazer a sua inscrição no programa.

Como ingressar no Auxílio Brasil?

Para que você ingresse no Auxílio Brasil e tenha a garantia ao acesso de seus benefícios, você precisa estar inscrito e com os dados atualizados no Cadastro Único (CadÚnico). Além dos beneficiários do Bolsa Família, o Auxílio Brasil é destinado para as pessoas de baixa renda, que exercem algum tipo de serviço informal.

Somente inscritos no CadÚnico receberão o Auxílio Brasil
Fonte/Reprodução: gov.br

Tanto o Cadastro no CadÚnico quanto a atualização dos dados do solicitante do benefício é a principal exigência dada pelo Governo Federal que cerca de 16 milhões de brasileiros possam fazer o ingresso no Auxílio Brasil. Caso você não cumpra com os requisitos necessários do sistema, você não terá a garantia do acesso ao benefício do programa.

Como se inscrever no Cadastro Único? 

Caso você se enquadre nos requisitos necessários para fazer a inscrição no CadÚnico, é necessário que você faça o comparecimento no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de sua região com a sua documentação e a dos seus familiares para fazer a apresentação para o órgão responsável e, assim, fazer a sua inscrição no Cadastro Único.

Como fazer a atualização dos dados do CadÚnico?

Para fazer a atualização dos dados do CadÚnico, você deve comparecer no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de sua região com a sua documentação e a dos seus familiares para fazer a apresentação para o órgão responsável e, assim, fazer a atualização dos dados do Cadastro Único.

Vale lembrar que a atualização dos dados do Cadastro Único deve ser feita no período de 2 anos. Ou seja, mantenha os seus dados atualizados do CadÚnico de dois em dois anos para não correr o risco de sofrer com a perda de seu direito ao acesso dos benefícios do Bolsa Família que, futuramente, será substituído pelo Auxílio Brasil.

Fora feita a apresentação sobre o que é o Auxílio Brasil e o que é preciso fazer para ingressar no novo programa social de assistência financeira do Governo Federal, que entrará em vigor a partir de novembro.

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.