Limite de até R$ 1 mil no PIX começará a valer hoje

Graças a medidas recém aprovadas do Banco Central (BC) o PIX, um dos métodos de pagamentos mais conhecidos e utilizados, passa a ter um limite de até R$ 1 mil em operações majoritariamente noturnas com horários entre 20h e 6h a começar por hoje (4/10/2021). Medida essa aprovada pelo BC em setembro, visando reprimir fraudes, sequestros e roubos noturnos.

Entretanto, contas de pessoas jurídicas não foram afetadas pela medida. Esta contenção vale não só para operações do PIX, como, também, outros sistemas de pagamentos (boletos e transações com cartões de crédito são exemplos). 

Pode alterar os limites? 

Os usuários do serviço poderão alterar os limites de transferência por meio de aplicativos ou do atendimento de bancos e entidades do tipo.  Porém, tais aumentos serão efetuados apenas de 24h a 48h depois da solicitação do cliente em vez de imediatamente como antes (por algumas instituições). 

Limite de até R$ 1 mil no PIX começará a valer hoje
Fonte/Reprodução: Original

Há também a obrigatoriedade das instituições financeiras de possibilitar limites diferentes de movimentação do PIX  durante o dia e o período noturno, possibilitando limites menores durante a noite. Ainda ocorrerá a permissão de cadastramento antecipado de contas que poderão admitir PIX além dos limites já estabelecidos, conservando limites baixos para demais transações.

Mudanças a partir de 16 de novembro

Além disso, o Banco Central (BC) estipulou similarmente medidas complementares que passarão a valer em 16 de novembro. Uma destas medidas é o bloqueio do recebimento de operações por meio de PIX a pessoas físicas por até 72h. Isso caso a conta favorecida seja empregada para fraudações.

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.