O que é a Taxa Selic?

A chamada taxa Selic aparece para nós em muitos lugares, como jornais e investimentos. Porém, não é todo mundo que sabe o que é esse termo, e qual o seu lugar dentro da economia do país.

Quem tem interesse em investimentos deve saber tudo sobre a taxa Selic e para que ela serve. Mas, é preciso que ela seja estudada de fato e compreendida em seus mínimos detalhes. se você quer compreender a seguir o que é de fato e qual sua finalidade.

O que é a Taxa Selic?

A taxa Selic, ou simplesmente Selic, é a representação dos juros básicos contidos dentro da economia brasileira. Por conta disso, a Selic é sempre discutida e vira notícia, pois é algo variável, pode aumentar ou diminuir conforme o tempo.

O que é Taxa Selic
Fonte/Reprodução: original

A Selic é capaz de influenciar todas as taxas de juros que existem no país, como as de empréstimos e financiamentos realizados por bancos. O significado da palavra Selic é Sistema Especial de Liquidação e Custódia, que consiste em um programa virtual criado para compra de títulos do Tesouro Nacional.

Qual é a Taxa Selic atual?

A taxa Selic é algo muito variável e pode ser medida a cada mês. Atualmente, a Selic está em 13,75% (até o fechamento do texto). Sua definição foi gerada oficialmente no dia 3 de agosto. Com isso, foi considerada alta, já que no mês anterior foi de 13,25%. De acordo com o Comitê de Política Monetária (Copom), essa foi a décima alta consecutiva no país.

Para quem busca pela Taxa Selic atual, ela pode ser verificada em seus mínimos detalhes pelo site do Banco Central. Nesse ambiente, além de obter mais informações sobre a Selic, é possível também identificar suas mudanças através de um gráfico que demonstra todas as variações do ano e os efeitos de suas mudanças.

Para que é utilizada a Taxa Selic?

Desde o ano de 1979, a Taxa é uma importante ferramenta de controle da inflação no Brasil. Com sua utilização, é possível identificar com clareza quando o Banco Central realiza mudanças que resultam na alta ou queda da inflação.

Além disso, ela também serve para conseguir desacelerar a economia quando aumenta, o que torna não permite que a inflação se torne mais alta, e ainda estimula o consumo quando está em baixa.

Como é determinada a Taxa Selic?

A Taxa Selic do país é determinada através de reuniões realizadas pelo Copom. Essas reuniões acontecem a cada 45 dias e durante os encontros são abordados estudos de toda a economia do Brasil, inflação e também novas projeções.

Como é determinada a Taxa Selic
Fonte/Reprodução: original

Quando a reunião é finalizada, o Copom fica responsável em publicar os reais motivos que fizeram a Taxa Selic diminuir ou aumentar naquele mês. Nessas publicações, também pode haver previsões do cenário econômico futuro e movimentações da Selic.

Quais fatores influenciam a Taxa Selic?

Para definir com exatidão a Selic, o Copom leva em consideração diversos fatores. Entre eles, o principal é o perfil de todos os títulos públicos federais, atual nível de emprego e renda de grande parte da população.

Porém, o principal fator que determina a Taxa Selic do país é o atual nível da inflação dentro da economia. Por exemplo, quanto mais alta for a inflação, maior é o nível da Taxa atual. Em caso de inflação em baixa, menor será a Selic.

Por isso, toda definição da Selic deve ser feita a partir de observações do nível da inflação e os outros aspectos que são determinantes. O Copom é o responsável oficial por essa análise e tem o objetivo de preservar o nível de inflação dentro da meta que foi estabelecida para o ano.

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.