Para que serve o Sintegra?

Você sabe para que serve o Sintegra? Essa é uma das ferramentas mais importantes e também mais utilizadas pelos comerciantes de todo o nosso país.

Somente com a Sintegra os comerciantes conseguem realizar inúmeros processos, consultar informações valiosas e ter acesso a uma série de meios úteis para sua vida comercial e financeira.

Além de todas essas vantagens a Sintegra também facilita uma série de deveres que as empresas possam ter com o Estado e todas as taxas para que elas atuem de forma legal. Vamos entender para que serve o Sintegra e como a ferramenta funciona!

Para que serve o Sintegra?

O Sintegra é um sistema do Estado que é obrigatório para todas as empresas e comércios que emitem nota fiscal. Mas muitos que já entenderam a obrigatoriedade do sistema ainda se perguntam para que serve o Sintegra e quais suas reais funções.

Para que serve Sintegra
Fonte/Reprodução: original

Em primeiro lugar devemos reforçar a obrigatoriedade do Sintegra. Qualquer empresa que queira emitir nota fiscal de maneira legal deve estar cadastrada no Sintegra. Esse sistema integrado facilita bastante toda a cobrança de taxas e impostos que é feita pelo governo que recolhe as informações sobre os contribuintes direto na Sintegra.

Como funciona o Sintegra?

Caso não tenha ficado claro para que serve o Sintegra, vamos tentar resumir: O Sintegra é um sistema unificado onde o Estado tem acesso a inúmeras informações sobre as empresas cadastradas e suas contribuições ao mesmo tempo que oferece o serviço essencial que é a emissão de notas fiscais.

Necessitando do serviço de emissão de notas fiscais, as empresas não tem outra saída e devem se cadastrar no Sintegra.

Quais empresas é obrigatório e quais não?

Como dissemos, sem o Sintegra uma empresa não consegue emitir notas fiscais, estando assim refém do sistema. Então todas as empresas que querem emitir nota fiscal devem estar cadastradas no Sintegra, excetuando apenas os Microempresários que podem emitir notas fiscais utilizando o site da receita federal.

Benefícios do Sintegra

Mas a Sintegra não é apenas um método do Estado ficar de olho em todos os seus contribuintes. O sistema também é uma ferramenta útil para todos os seus usuários. Vamos conhecer alguns dos seus benefícios e como ele é capaz de auxiliar a vida dos empresários que o utilizam.

Benefícios do Sintegra
Fonte/Reprodução: original

Entre os principais benefícios do Sintegra estão:

  • Empresas na ilegalidade que possam estar de alguma maneira trabalhando em concorrência desleal são pegas;
  • A empresa se vê livre de prestar algumas informações à Secretaria da Fazenda que as colhe direto do site;
  • Dá total segurança às empresas cadastradas em suas transações;
  • As empresas conseguem emitir suas Notas Fiscais sem nenhum tipo de complicação de modo facilitado.

Esses são os principais benefícios que o sistema Sintegra oferece a todos os empresários do Brasil.

Como fazer o cadastro no Sintegra de adesão?

Agora que você sabe sabe para que serve o Sintegra é hora de se cadastrar no sistema. E fazer isso é bastante fácil. Normalmente empresas que já precisam se integrar ao Sintegra recebem uma notificação do estado via órgão SEFAZ.

Após receber a notificação do SEFAZ o cliente deve procurar se cadastrar pelos meios oferecidos pelo órgão. Caso o empresário queira consultar o status de sua empresa de modo direto ele pode acessar o site do Sintegra, procurar pelo seu estado e verificar ele mesmo qual a sua situação.

Qual o objetivo do Sintegra?

O Sintegra é um modo mais prático e fácil do Estado reunir em um só lugar todas as informações relevantes sobre os contribuintes e também fornecer o serviço essencial de emissão de nota fiscal para as empresas.

Agora que você já sabe para que serve o Sintegra não deixe de se cadastrar caso seja empresário precise emitir notas fiscais!

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.