Tudo sobre o Pix na Caixa!

Com a atualização das formas de pagamento, muitos correntistas têm utilizado o Pix na Caixa. Mas, por ser algo novo ainda, existem outras pessoas que ainda não sabem exatamente como funciona e, até tem receio de utilizar essa ferramenta.

Se você tem alguma dúvida sobre o Pix na Caixa, leia esse artigo até o fim para tirar suas dúvidas!

O que é o Pix na Caixa?

É um método de pagamento em que o dinheiro é enviado imediatamente para outra conta. Essa transação funciona de modo similar a uma transferência, porém, o Pix não cobra taxa de transferência e pode ser feito a qualquer hora do dia (até dias como sábado, domingo e feriado).

O que é o Pix na Caixa
Fonte/Reprodução: original

E, mesmo quando feitas fora dos dias úteis, será entregue ao destinatário na hora que for concluído. Além de receber ou enviar o dinheiro, você também pode pagar suas faturas de forma online e presencial.

Quais informações exige o Pix Caixa?

Para fazer um Pix na Caixa, você deve ter acesso a sua conta pelo aplicativo do banco.
Na hora de fazer o Pix, é solicitado a chave Pix, QR code ou os dados bancários do destinatário e, no último caso, o valor a ser enviado.

Como cadastrar a chave Pix na Caixa?

Você pode cadastrar sua chave Pix em uma agência bancária Caixa, aplicativo da Caixa para Smartphones ou similares ou internet banking. Preste atenção nos próximos tópicos para entender como é feito esse cadastro do Pix.

Pelo App Caixa

Já no aplicativo, selecione a opção Pix. Em seguida, opte por “cadastrar chave”, aparecerá três opções para você escolher: CPF, número de celular ou e-mail. Escolha uma delas para ser sua chave Pix e clique em cadastrar chaves selecionadas para finalizar.

Ainda possui a opção de criar uma chave aleatória para utilizar apenas momentaneamente. Vale lembrar que um dado (e-mail, telefone ou CPF) que já tenha sido cadastrado em outra conta como chave Pix, não poderá ser utilizado como sua chave Pix.

Pelo Caixa Tem

No Caixa Tem esse cadastro funciona de maneira bem parecida, siga as instruções do tópico anterior para cadastrar sua chave. Após esses passos, será solicitada a sua senha para validar a operação. Poderá ter até cinco chaves por conta, lembrando que elas não podem ser repetidas em outros bancos.

Funcionamento do Pix na Caixa

Não é só o Pix na Caixa que é assim, todos os bancos permitem que o Pix seja realizado a qualquer hora do dia. Seja para pagar ou receber. A única restrição é em relação ao valor, o que dependerá do seu limite ou se está em um horário em que haja uma restrição de valor por segurança.

O que pode levar ao bloqueio do Pix na Caixa?

Suspeita de uma fraude ou falha na operação. Na primeira opção, o dinheiro da transação é bloqueado e pode ser liberado se não houver comprovação ou retornar para a conta de quem realizou o pagamento.

Tudo sobre o Pix na Caixa!
Fonte/Reprodução: original

Na segunda opção, o banco deve ser responsabilizado e devolver totalmente o dinheiro ou parcialmente no período de 24 horas.

Qual o limite diário do Pix na Caixa

É possível realizar Pix na Caixa quantas vezes quiser por dia. Só deve se atentar ao limite do valor diário. Caso o limite esteja muito baixo, você pode aumentá-lo de acordo com sua necessidade por meio do app.

Valores pessoa física

Varia de R$5.000 a R$30.000. Para fazer Pix no valor maior que cinco mil, o aplicativo deve estar validado por um caixa eletrônico anteriormente. Se o valor for menor, pode ser feito pelo internet banking ou app caixa.

No Caixa Tem o valor do limite diário é de R$1.200 e de R$600 para cada transação com o Pix.

Valores pessoa jurídica

Quem possui CNPJ pode fazer Pix de até R$60.000. Lembre-se que esses valores acima, tanto pessoa física, quanto jurídica estão relacionados ao período de 06:01 às 22 horas. Após esse horário, o valor diminui por questões de segurança.

Prefira realizar pagamentos de faturas altas antes desse horário, para não haver problemas.

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.