Portal do Empreendedor MEI – www.portaldoempreendedor.gov.br

Portal do Empreendedor MEI é um site bem útil com muita informações importantes para todos os empreendedores individuais, lá vocês poderão realizar uma série de opções em que são importantes como a sua formalização. Dentre outras coisas mais, aqui vamos indicar como vocês poderão entrar em contato com a entidade e tirar as suas dúvidas sobre o que necessitam.

O portal do empreendedor MEI é um portal do governo dedicado a atender MEIs do país inteiro. Desde que foi criada, a classificação MEI (Microempreendedor Individual) acumula cada vez mais empreendedores.

Hoje mais de 14 milhões de pessoas já aderiram a essa classificação facilitada. A categoria é tão popular, pois traz benefícios para profissionais que querem realizar suas atividades na legalidade de forma mais facilitada.

Acesse o Portal do empreendedor para mais informações (Foto: Divulgação)
Acesse o Portal do empreendedor para mais informações (Foto: Divulgação)

O Estado para oferecer praticidade a esses profissionais, criou o portal MEI. O qual é um site dedicado a atender os microempreendedores do país, seu foco é levar informação relevante e confiável para a essa classe de empreendedores, e tirar as dúvidas mais frequentes.

Ele também reúne uma série de programas, benefícios e outros serviços exclusivos para MEI. É uma página completa para esta classe de profissionais. Venha entender tudo sobre o portal do Empreendedor MEI, suas informações e como funciona.

O que é o portal do empreendedor MEI?

O portal do empreendedor MEI é um site criado e mantido pelo Governo Federal com informações relevantes sobre a categoria do microempreendedor individual. Ele funciona como um guia prático, indicando o que é o MEI, o que ele faz e como se distancia de outras categorias de empreendedores.

No site podemos encontrar benefícios que o microempreendedor individual tem em sua classe — a maioria exclusivos — e tutoriais de como acioná-los ou acessá-los por meio da máquina pública. Há também uma área do portal dedicada a um blog com informações a respeito do MEI que é muito interessante.

Nos artigos do portal podemos encontrar informações sobre a importância da Nota Fiscal, algumas taxações, tarifas e outras informações relevantes para a categoria. O site é muito completo! Oferece guias rápidos de leitura sobre o código de defesa do consumidor, legislação, e até de como acessar outros portais.

O que é MEI?

O MEI é uma classificação de empreendedores, uma forma do Estado regularizar alguns autônomos que trabalhavam irregularmente. Foi criado em 2008, e hoje todo autônomo com um faturamento inferior a R$ 81.000,00 pode participar da classe. Claro, a categoria não é apenas uma classificação, ela também oferece vantagens reais para esses empreendedores.

Sendo MEI, um autônomo tem acesso a serviços exclusivos com um status de uma empresa. Os microempreendedores individuais significam hoje 56% das empresas do país, mais da metade.

E não é sem motivo, de todas as maneiras de empreender de maneira regular no mercado brasileiro, o MEI é sem dúvidas a mais prática. Para ser microempreendedor é preciso:

  • Documentos básicos como CPF e RG;
  • Contato;
  • Endereço residencial;
  • Tipo de negócio;
  • Atividade fim da empresa;
  • Local onde é realizada a operação do MEI.

Existe tanta facilidade em ser microempreendedor que até para se tornar um é muito mais prático e exige pouca burocracia do autônomo.

Outro ponto importante para se tornar MEI é consultar a lista de atividades permitidas para microempreendedores individuais, e verificar se sua ocupação como MEI consta na lista.

Caso positivo, é só aproveitar a oportunidade. Entre os benefícios de pertencer à categoria podemos citar os principais:

  • Possibilidade de contratar um funcionário;
  • Emitir notas fiscais;
  • Salário maternidade;
  • Auxílio-doença;
  • Aposentadoria;
  • Serviços de crédito facilitados como empréstimos e financiamentos.

E entrar para a categoria é muito fácil! Basta acessar o portal do Empreendedor MEI com todos os documentos que mencionamos e clicar na aba “Quero ser MEI”.

Para que serve o Portal do Empreendedor MEI?

Voltando ao portal do empreendedor MEI, a função mais básica do site é ser um ponto de informação acessível e disponível para todos os microempreendedores individuais. Com o portal todo autônomo da classe pode acessar as informações mais relevantes sobre a sua classificação como empreendedor.

O portal também é uma porta de entrada para novos profissionais que não conhecem bem a classificação e querem aprender o que ela significa e o que muda caso pertençam a ela. E como comentamos, há guias sobre materiais exclusivos para MEI, como tutoriais para emitir nota fiscal e outros acessos.

Para aqueles que gostam de leituras mais proveitosas e temas relevantes para o mercado, o portal do empreendedor também dedica uma área para tratar das mulheres no mercado de trabalho e do empreendedorismo feminino. Assunto relevante atualmente.

A página na web também se preocupa com o conhecimento dos profissionais brasileiros a respeito das mais fundamentais leis e código de defesa do consumidor. No portal há duas abas dedicadas a este assunto com um material muito proveitoso.

E por fim, no site também tem um FAQ — Frequently Asked Questions —, perguntas feitas com frequência, dedicado a responder algumas questões corriqueiras sobre o que é ser MEI.

Do ponto de vista prático, o portal do empreendedor MEI é completo para os profissionais da categoria. Afinal, o site fornece informações sobre todos os campos relevantes para o MEI, benefícios, como se tornar, vantagens, como realizar e ter acesso aos principais recursos e até mesmo quais são as obrigações do MEI.

É muito recomendado que tanto os profissionais que já pertencem à classe como as pessoas que querem se tornar MEI acessem o portal do empreendedor.

Cadastro no MEI – Microempreendedor Individual

Agora que você conhece as informações sobre o Portal do Empreendedor, chegou a hora de saber como ser um microempreendedor individual.

Acesse os serviços online do Portal do Empreendedor (Foto: Divulgação)
Acesse os serviços online do Portal do Empreendedor (Foto: Divulgação)

Existem duas maneiras de fazer seu cadastro MEI, veja abaixo como:

1 – Para fazer seu cadastro MEI, acesse o link de Formalização de Inscrição e insira as informações que forem pedidas. Feito isso você recebe os números de CNPJ e sua inscrição na Junta Comercial.

2 – A outra maneira é através de empresas de contabilidade que optam pelo Simples Nacional. As empresas serão responsáveis pela formalização da sua inscrição e farão a primeira declaração anual.

Os custos do empreendedor após os processos feitos serão:

  • R$46,85 mensais destinados à previdência (esse valor representa 5% do valor do salário mínimo, onde o mesmo é reajustado anualmente).
  • R$1,00 mensais para o estado, caso o empreendedor tenha atividades comerciais ou industrial.
  • R$5,00 mensais para o município aso as atividades sejam de prestação de serviço.
https://www.youtube.com/watch?v=diO-fH8eRJo

Como pagar a taxa do MEI?

Uma grande vantagem para o profissional MEI são as taxas e tarifas facilitadas. O MEI paga apenas um imposto.

Na verdade, o que é pago é uma guia com todos os impostos que incidem sobre a categoria MEI, dando a impressão de que é um imposto só. Mas isso já é uma enorme vantagem para outros profissionais que lidam com vários documentos sobre tarifas variadas.

Mesmo sendo uma taxa apenas que o microempreendedor tem que pagar, ainda assim não é a mesma tarefa para todos os profissionais. Os valores se dividem do seguinte modo:

  • Para MEI da indústria: R$ 67,00;
  • Para MEI prestação de serviço: R$ 71,00;
  • Para MEI comércios e serviços: R$ 72,00.

E para pagar também é facilitado. O microempreendedor pode solicitar sua guia no próprio portal do empreendedor MEI. Basta clicar na aba “Já Sou MEI” e então se orientar até o botão “Pagamento de Contribuição Mensal”. Lá haverão ainda 3 modos de pagar a taxa:

  • Débito automático;
  • Pagamento Online;
  • Boleto.

Veja como até nisso ser MEI é uma vantagem! Caso queira abrir uma empresa modesta esta é com certeza a melhor forma.

Serviços online do portal do empreendedor

O sistema do portal do empreendedor possui diversos serviços online para quem está buscando conhecer mais sobre o empreendedorismo, pensando abrir uma empresa, ou mesmo querendo obter algum documento específico sobre o seu CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica).

O porta do empreendedor oferece os seguintes serviços para os usuários: Certidões Negativas, Comprovantes cadastrais, Sebrae e o Serviço brasileiro de respostas técnicas. Cada um desses serviços possuem especificações técnicas e se você deseja tirar dúvidas pode visitar o site do empreendedor.

Para saber mais acesse o site do MEI (Foto: Divulgação)
Através do site você consegue utilizar serviços para o Micro Empreendedor Individual (Foto: Divulgação)

Nas certidões negativas, por exemplo, você pode buscar o documento que tenha a ver com a Receita Federal do Brasil, com o INSS – Previdência Social, com o FGTS – Caixa Econômica Federal, sobre Débitos trabalhistas e as Secretarias de Fazenda Estaduais.

Pelo portal é possível ainda aprender mais sobre o sistema de Microempreendedor Individual, pois o Sebrae preparou um conteúdo específico e explicativo para quem ainda não conhece o sistema e nem imagina por onde começar para ter seu próprio negócio.

O curso oferecido pelo Sebrae em formato EAD tem o objetivo de conscientizar o trabalhador ainda informal sobre a importância da legalização da sua empresa e também os benefícios, tudo prevista na Lei.

De quanto em quanto tempo se paga a taxa do MEI?

A taxa MEI, a qual é a taxa de pagamento que o microempreendedor deve fazer, é cobrada mensalmente. Ou seja, todo mês o MEI deve arcar com aquela quantia. Mas é um valor bem abaixo do esperado para quem ainda não conhece as vantagens de pertencer à classe. Agora que já conhece, sabe como fazer sua escolha profissional!

Vale a pena ser MEI?

E em pleno 2023 ainda vale a pena ser MEI? Com certeza! Caso você tenha previsão de faturar mais do que R$ 81.000,00, não há razão alguma para abandonar seus planos de ser MEI.

Assim você garante benefícios exclusivos enquanto regulariza sua situação como autônomo
de maneira ágil. É sem dúvidas a opção mais facilitada para qualquer empreendedor que quer iniciar sua caminhada.

Confira tudo sobre ser microempreendedor no portal do empreendedor MEI! E veja se vale a pena os benefícios da categoria para você.

Declaração Anual do Simples Nacional 

Para fazer a declaração anual do Simples Nacional o empreendedor pode ir na mesma página do MEI e clicar no ícone azul DASN-SIMEI. Você então será redirecionado para fazer a declaração por meio do sistema do Simples Nacional. Lá, você terá que inserir seu CNPJ e os códigos que aparecem ao lado. Seguindo os passos indicados você terá acesso ao seu documento sem problemas.

Caso não consiga entre em contato com a equipe do portal de empreendedores ou busque uma ajuda de um profissional especialista nesses documentos, no caso um contador. É ele a pessoa mais indicado para verificar a legalidade da empresa, se há ou não algum problema no cadastro e, se tiver, como fazer para resolver.

Lembre-se que todas as informações devem ser preenchidas de forma clara para evitar erros e confusões nas documentações posteriormente. No próprio portal do empreendedor é possível fazer alteração de dados e qualquer erro, faça isso imediatamente para não ter problemas.

O perguntas frequentes do site também disponibiliza informação de fácil entendimento. Ali é possível ter respostas sobre situações simples do site, de como você pode resolver determinado problema ou sanar dúvidas pontuais. Além disso, você pode ainda clicar em fale conosco para enviar sua mensagem.

Leia também:

4 Comentários

  • Cadrastei e paguei o mei
    Mas nao recebi o cnpj
    Nem os boletos mensais o que faço

  • boa tarde! gostaria de obtendo mais sobre inss

  • BOM DIA,
    GOSTARIA DE ABRIR UMA EMPRESA FABRICAÇÃO DE CACHAÇA ARTESANAL, NA ZONA RURAL, POSSO ABRIR COMO PEQUENO PRODUTOR RUAL, RENDA FAMILIAR,OU ENQUADRAR EM MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL?
    AGRUADO RESPOSTA.

  • Eu gostaria de saber porque não estou conseguindo imprimir meu carne de pagamento do inss.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.