TKS: analisamos a maquininha de cartão do Banese Card

A maquininha de cartão TKS é um ótimo negócio caso você seja do ramo de varejo, restaurantes ou lanchonetes. Hoje em dia, é praticamente impossível sustentar um negócio sem uma maquininha que leia cartões de crédito ou débito, visto que uma parcela do público, que só tende a aumentar, já abandonou o uso do dinheiro em papel moeda.

O problema é que, devido a essa tendência no mercado, a oferta de maquininhas de cartões de crédito aumentou e agora pode ficar difícil escolher. Mas, se você procura uma boa versão de maquininha, saiba que nós analisamos a TKS e diremos suas principais características e pontos fortes.

Quais os prós e contras da maquininha de cartão do Banese Card?

A maquininha de cartão TKS, como a maioria das maquininhas do mercado, aceita todas as bandeiras tradicionais: Elo, Visa, Mastercard, Hiper, etc.

Além disso, ela conta com uma versão menor da sua maquininha básica, que cabe na palma da mão e é ideal para profissionais que necessitam andar e se locomover com a maquininha.

Quais os prós e contras da maquininha de cartão do Banese Card
Fonte/Reprodução: original

Outro belo diferencial da maquininha de cartões TKS é que ela aceita vale e cartão refeição. Esse tipo de pagamento não é aceito por todas as maquininhas do mercado, então, profissionais que vendem comida perdem vendas, muitas vezes. Mas fique tranquilo, que todos os cartões refeições são aceitos pela TKS.

A maquininha de cartão TKS também vem com um aplicativo completo, que emite relatório em tempo real das compras passadas nela. E para finalizar, um dos pontos fortes da TKS é seu suporte 24 horas, caso você tenha alguma complicação com alguma transação ou com a própria maquininha.

Mas, mesmo a TKS tem seus pontos fracos, e um deles é caso você queira adquirir sua maquininha, terá problemas para encontrar boas informações no site responsável. Lá não há informações sobre taxas, quais são cobradas em cada compra, se há taxa de instalação, qual o valor de componentes extras que o cliente pode pedir, se há algum valor no software, etc.

Além disso, a maquininha só é disponibilizada depois da visita de um agente.

Como fazer a solicitação da maquininha de cartão do Banese Card?

A solicitação de uma maquininha TKS é feita no site do Banese Card. Lá, o cliente preenche um formulário básico ao apresentar os dados como nome, CPF, RG, e endereço. Após fornecer todos os dados, o cliente deve esperar um agente credenciado do Banese Card, que irá dar o resto das informações sobre a maquininha TKS, e então efetivar a compra caso ainda seja de seu interesse.

A maquininha de cartão do Banese Card e ideal para onde?

O diferencial da maquininha TKS é sua versão menor, um pedido ideal para quem trabalha na rua, principalmente quem precisa se deslocar. Mas também é uma maquininha ideal para quem trabalha com comércio de comida, como lanchonetes, restaurantes, padarias, ambulantes que vendem comida, etc.

Quais os recursos da maquininha de cartão do Banese Card?

A empresa disponibiliza um aplicativo para consultas de vendas, aceita todos os cartões e tem demais vantagens de uma maquininha comum do mercado.

Quais os recursos da maquininha de cartão do Banese Card
Fonte/Reprodução: original

Com essas informações da maquininha de cartão TKS, cabe a você analisar se essa opção é boa para o seu negócio. Seu tamanho compacto, que facilita o transporte e o fato de aceitar vale refeição são ótimos pontos, entretanto, a falta de mais informações podem deixar o cliente com um pé atrás, por isso, pense bem antes de solicitar a sua.

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.